Você sabe que é “Empowerment” e porque deve aplicar em sua empresa?

Empowerment é uma estratégia que pode melhorar a performance dos seus colaboradores

No contexto organizacional, gerir significa liderar, ser capaz de comunicar-se de forma clara e objetiva, motivar os colaboradores e acompanhá-los no que for necessário para que desempenhem suas atividades da melhor forma possível, sempre seguindo os objetivos do departamento e da empresa.

Ao executar essa função de forma satisfatória, o gestor provém agilidade aos processos da empresa, suscita a confiança dos superiores e de seus colaboradores, evita o desperdício desnecessário de tempo e dinheiro e ajuda a prever situações indesejadas, promovendo melhorias ao desempenho da empresa.

Empowerment, ou empoderamento, é uma ação da gestão estratégica que visa o melhor aproveitamento do capital humano nas organizações através da delegação de poder. Devemos entender este poder como sendo o resultado do compartilhamento de informações fundamentais sobre o negócio e seus projetos, da delegação de autonomia para a tomada de decisões, e da participação ativa dos colaboradores na gestão do negócio, assumindo responsabilidades e liderança de forma compartilhada.

A prática do empowerment é fundamental para libertar a empresa do vício da centralização das decisões, que a torna lenta e burocrática. Com esta atitude a empresa descentraliza suas decisões e estabelece um estilo de gestão extremamente mais participativa, dando maior autonomia a seus colaboradores. As vantagens são maior motivação, maior satisfação das pessoas, maior agilidade e flexibilidade, portanto, maior potencial de competitividade.

Para aplicar o empowerment dentro da organização é necessário:

  • Um profundo compartilhamento das informações com todos os envolvidos. A informação é fundamental para a correta tomada de decisões.
  • A abertura para uma real autonomia, dando às pessoas não somente as informações, mas o apoio e a liberdade necessária para agirem. É preciso confiar nestes profissionais e incentivá-los a liderar os processos em que estão envolvidos, e sob os quais assumiram responsabilidades. Uma cultura punitiva impede a autonomia; erros devem ser corrigidos, não punidos.
  • A redução dos níveis hierárquicos e da burocracia que tornam as empresas lentas e rígidas.

A prática de empowerment aumenta exponencialmente as condições, para que todos possam atingir alta performance e buscar continuamente a excelência. Esta prática desperta o que há de melhor nas pessoas e estimula o aparecimento e a formação de novos líderes. Na ausência de empowerment, o comprometimento nunca será máximo, as equipes jamais atingirão alta performance e a liderança jamais será efetiva.

 

 

Responder