Veja se o seu CPF foi utilizado indevidamente para solicitar o auxílio emergencial

CPFs foram usados indevidamente para solicitar auxílio emergencial

Foto Reprodução Governo Federal

O número de fraudes nas solicitações do auxílio emergencial tem feito a Dataprev, a Caixa Econômica Federal e o Governo criarem estratégias para otimizar o cruzamento de dados. Inclusive a publicação de todos os beneficiários na página de transparência do governo. Muitos cidadãos estão tendo o pedido negado sob alegação de que já deu entrada anteriormente, mas há uma forma de verificar do que se trata e denunciar.

Para saber se foi solicitado o auxílio emergencial com os seus dados, basta acessar o site consultaauxilio.dataprev.gov.br . Caso um requerimento seja encontrado indevidamente, é possível denunciar através do Fala.Br, a plataforma ligada a Ouvidoria e Acesso à Informação da Controladoria-Geral da União ou nos telefones 121 ou 0800 – 7070 – 2003.

Veja outras notícias no riovagas