Ministro da Economia estuda nova versão da Carteira Verde e Amarela

Ministro Paulo Guedes quer modificar e implantar novas regras na Carteira Verde e Amarela

Foto: Alan Santos/PR

O Ministro da Economia Paulo Guedes estuda flexibilizar contratos de trabalho para evitar alta de desemprego no Brasil, sobretudo nos meses de julho e agosto.  Para tanto, o ministro quer fazer alterações e implantar a Carteira Verde Amarela em uma nova versão.

A Carteira Verde e Amarela trata-se de um tipo de contratação criada a partir da Medida Provisória 905 que visava a criação de oportunidades de trabalho para jovens entre 18 e 29 anos que nunca tiveram experiência profissional, para fins de contratação de primeiro emprego. A Medida acabou vencendo, antes que fosse votada pelo Congresso.

Utilizando como base essa criação do Governo, Guedes quer implantar, após a quarentena, contratos de trabalho mais flexíveis, com menos interferência dos sindicatos, para que quem está hoje recebendo o auxílio de R$ 600 possa passar para o mercado formal.

Uma das soluções é o programa não ter mais faixa etária definida. Outra ação seria a desoneração dos encargos de sobre folha de pagamento, pagos pelas empresas. Com essas ações o “regime especial de combate ao desemprego em massa”, como o ministro chama informalmente, seria a solução para retirar da informalidade uma grande parcela da população.

Veja outras notícias no riovagas