Governo cria novos critérios para decidir como liberar serviços não essenciais ao flexibilizar restrições

Governo desenvolve novos critérios para flexibilizar restrições

Foto: Vinicius Boaventura

O Governo divulgou na quarta-feira (20) um novo sistema para classificar a situação do estado para flexibilização das restrições de isolamento. Nesta nova ação, o governo vai gerar uma categorização em três bandeiras, vermelha, amarela e verde.

A classificação será baseada em um cálculo feito semanalmente, que levará em conta a curva de contaminação e a taxa de ocupação dos leitos, para a marcação das bandeiras. Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico, Lucas Tristão, o objetivo é diminuir os níveis de restrição da quarentena.

Se essa classificação já estivesse vigente, o estado estaria em bandeira vermelha. Essa situação só seria alterada se diminuísse a ocupação dos leitos, que hoje atinge 90%. Ao chegar na bandeira amarela, seria possível reabrir shoppings e academias e a ampliar a capacidade de funcionamento dos restaurantes para 50%, mantendo a distância de 2 metros entre as mesas. 

 

Veja outras notícias no riovagas