Notícias: Ministério público também quer aumento, primeiro debate entre presidenciáveis e outros destaques

Todos os dias, os editores do RIOVAGAS selecionam notícias em destaque para manter você atualizado

Após STF, Ministério Público também aprova aumento de 16,38% para procuradores

Economia l Brasil

O Conselho Superior do Ministério Público Federal aprovou, por unanimidade, a proposta de orçamento da instituição, incluindo reajuste de 16,38% nos salários dos procuradores da República, com base no aumento aprovado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para os ministros da Corte. Ambas as propostas de reajustes ainda devem ser analisadas pelo Congresso, responsável por votar o Orçamento da União para o ano seguinte. Fonte.

Primeiro debate da eleição 2018 reuniu 8 presidenciáveis

Política l Brasil

Oito candidatos à Presidência da República participaram na noite de quinta-feira (09/08) de um debate na TV Bandeirantes. O encontro durou 3 horas e 13 minutos. Participaram:  Alvaro Dias (Podemos), Cabo Daciolo (Patriota), Geraldo Alckmin (PSDB), Marina Silva (Rede), Jair Bolsonaro (PSL), Guilherme Boulos (PSOL), Henrique Meirelles (MDB) e Ciro Gomes (PDT). Antes do início do debate, o mediador Ricardo Boechat informou que a organização convidou o candidato do PT, Luiz Inácio Lula da Silva, porém, ele foi impedido pela Justiça de participar. Durante o encontro, os candidatos apresentaram propostas sobre emprego, educação, segurança pública, economia, entre outros pontos. Fonte.

PT promove debate paralelo com Haddad e Manuela d’Ávila

Politica l Brasil

Como Lula não pode participar do debate na Band, o Partido dos Trabalhadores realizou uma discussão online com Fernando Haddad, o candidato à vice-presidência, Manuela D’Ávila, do PCdoB, que também compõe a chapa, e Gleisi Hoffmann, presidente do PT. Além disso, Por unanimidade, a 5ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) também negou o pedido do ex-presidente para recorrer em liberdade de sua condenação no caso do tríplex em Guarujá (SP). Fonte.

Após 30 horas, termina rebelião em presidio de Taubaté

Segurança l Brasil

Presos do Centro de Detenção Provisória (CDP) Dr. Félix Nobre de Campos, em Taubaté (SP), iniciaram o motim por volta das 15h de quarta-feira (08/08). Inicialmente, 13 pessoas, sendo dois agentes penitenciários e 11 religiosos, foram feitas reféns. Aos poucos, eles foram sendo libertos e ninguém se feriu. A rebelião terminou às 19h30 de quinta (09/08). Uma pauta de reivindicações foi entregue, mas o teor não foi divulgado. O CDP tem capacidade para 844 detentos e abriga 1.521. Fonte.

Receba vagas e notícias diariamente em seu email