Notícias: Ministros do STF aprovam aumento de próprio salário, número de homicídios bate recorde no Brasil e outros destaques

Todos os dias, os editores do RIOVAGAS selecionam notícias em destaque para manter você atualizado

Ministros do STF aprovam aumento de próprio salário para 2019

Economia l Brasil

Por 7 votos a 4, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiram incluir na proposta orçamentária de 2019 uma previsão de aumento de 16,38% nos salários dos magistrados. Caso o Congresso Nacional aprove a inclusão, os salários dos ministros passarão de 33.700 reais para algo em torno de 39.300 reais. A mudança representará um gasto extra de 2,7 milhões de reais só no STF. Fonte.

Número de homicídios bate recorde no Brasil

Segurança Pública l Brasil

12º Anuário Brasileiro de Segurança Pública revelou que em 2017 houve 63,8 mil mortes violentas no Brasil, 2,9% mais que em 2016. Os casos de estupro aumentaram 9%. O Rio Grande do Norte é o Estado com maior taxa de homicídios por 100 mil habitantes: 68. Em seguida vêm Acre (63,9) e Ceará (59,1). O país teve ainda 221.238 registros de violência doméstica, o que significa uma média de 606 casos por dia. Fonte.

Penitenciárias abrigam o dobro de presos da capacidade

Segurança Pública l Brasil

Também acordo com o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, a população carcerária no país em 2017 chegou a 729.463 pessoas. O número de vagas, porém, é de pouco mais de 367 mil. Em outras palavras, o sistema penitenciário do Brasil abriga o dobro do número de presos que cabem nas cadeias e delegacias. Fonte.

Orca está há 17 dias carregando filhote morto

Natureza

Uma mãe orca foi avistada próximo a Seattle, nos EUA, na tarde de quarta-feira (08/08), ainda carregando seu filhote morto. Ela está há 17 dias consecutivos carregando o corpo. Pesquisadores se preocupam que o animal não esteja se alimentando corretamente. Orcas e outros animais, incluindo golfinhos e gorilas, são conhecidos por carregar seus mortos, mas o caso da orca, que vem sendo chamada de Tahlequah, é visto como sem precedentes. Fonte.

Receba vagas e notícias diariamente em seu email