Trabalho voluntário pode tornar seu currículo mais atrativo

Trabalho voluntário desenvolve competências e pode aumentar sua networking

Uma atividade voluntária pode conter as mesmas características de um trabalho remunerado, como o cumprimento de horários, responsabilidade e pró-atividade, por exemplo.

Se você está em busca do seu primeiro emprego e não sabe como deixar seu currículo mais interessante, o trabalho voluntário pode ser um bom caminho, já que, assim como em uma atividade remunerada, você enfrentará desafios, terá que solucionar problemas, cumprir objetivos e se relacionar com diferente pessoas.

Como escolher o melhor trabalho voluntário para você

O trabalho voluntário pode oferecer um cargo especifico, porém, o mais comum é que as tarefas e atividades sejam distribuídas de acordo com as necessidades mais urgentes. Antes de escolher o projeto que você quer apoiar, pense nesses pontos:

  • Quais projetos têm mais a ver com sua área de atuação?
  • Onde você poderia aplicar os conhecimentos aprendidos na universidade/ curso técnico?
  • Quais são as atividades ou responsabilidades que você tem melhores condições de exercer?

Conseguir alinhar seus objetivos profissionais às necessidades da instituição seria o ideal. Se não for possível, procure algo que você goste de fazer, pois assim terá a certeza de realizar um bom trabalho que, mesmo que não contribua diretamente como experiência profissional, será algo prazeroso e trará aprendizados que você poderá levar para a carreira.

Principais benefícios do trabalho voluntário para sua carreira

1. Networking

O voluntariado permite conhecer outras pessoas, o que vai ampliar seus contatos. Deixar uma impressão positiva para o maior número de pessoas possível é uma boa estratégia de crescer profissionalmente. Por isso, é importante tratar o voluntariado com profissionalismo e seriedade.

2. Desenvolver qualidades valorizadas no mundo corporativo

O trabalho voluntário também desenvolve algumas competências muito bem-vindas nas corporações, como empatia e gratidão, que têm influência direta na liderança, além de pró-atividade, solução de problemas, etc.

3. Experiência de vida

Conhecer problemas iguais e/ou piores do que os seus, sentir-se útil e contribuir para o bem-estar alheio, são ações capazes de alterar a forma como percebemos e agimos no mundo. Portanto, mesmo sem a carteira de trabalho assinada para mostrar, você terá, no mínimo, uma experiência interessante para contar em uma entrevista de emprego.

Gostou das dicas? Compartilhe!

Procurando oportunidades? Acesse o RIOVAGAS