Como minimizar a ansiedade para que não atrapalhe sua vida profissional

Descubra como diminuir a ansiedade para que não atrapalhe sua carreira

A ansiedade é uma emoção normal no ser humano, comum ao se enfrentar algum problema no trabalho, antes de uma prova ou diante de decisões difíceis. No entanto, quando a ansiedade se intensifica e parece não ter uma origem especifica, ela se transforma em um distúrbio que deve ser encarado com seriedade.

A ansiedade é uma doença psiquiátrica que afeta muitas pessoas. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), no Brasil, 9,3% da população apresenta os sintomas de ansiedade. Pessoas que sofrem de distúrbios de ansiedade sentem uma preocupação e medo extremos em situações rotineiras, além de alguns sintomas físicos, que atrapalham suas atividades cotidianas.

Sintomas de Ansiedade

A ansiedade e seus transtornos podem causar sintomas tanto mentais quanto físicos, que atrapalham o dia-a-dia de diversas formas. Veja quais são os principais:

Sintomas psicológicos da ansiedade

  • Constante tensão ou nervosismo;
  • Sensação constante de que algo ruim vai acontecer;
  • Problemas de concentração;
  • Medo irracional;
  • Descontrole sobre os pensamentos, principalmente dificuldade de se desligar de problemas ou outros fatores que provocam tensão, mesmo que por apenas alguns momentos (por exemplo, você está em um passeio divertido ou assistindo a um filme interessante, mas não consegue parar de pensar numa discussão que você teve no trabalho);
  • Preocupação exagerada, que não condiz com a realidade;
  • Problemas para dormir;
  • Irritabilidade.

Sintomas físicos da ansiedade

  • Dor ou aperto no peito e aumento das batidas do coração
  • Respiração ofegante ou falta de ar
  • Aumento do suor
  • Tremores nas mãos ou outras partes do corpo
  • Sensação de fraqueza ou cansaço
  • Boca seca
  • Mãos e pés frios ou suados
  • Agitação dos braços e pernas.
  • Náusea
  • Tensão muscular
  • Dor de barriga ou diarreia.

10 Dicas para minimizar a ansiedade

Até certo ponto, sentir-se ansioso é importante para qualquer pessoa ser bem-sucedida profissionalmente, pois essa sensação permite que você busque se preparar melhor para enfrentar determinados desafios.

Porém, como explicamos acima, quando isso acontece de maneira intensa e frequente, ela passa a atrapalhar a vida da pessoa em todas as áreas, incluindo o desempenho profissional.

Para superar a ansiedade, é primordial buscar a orientação de médicos. Para ajudar você a minimizar o problema, no entanto, separamos 10 dicas:

1. Evite cobranças exageradas

O primeiro passo para evitar que a ansiedade impacte sua carreira é tomar cuidado com o perfeccionismo e a autocobrança. Essas duas características são importantes para quem quer crescer profissionalmente, mas podem ser prejudiciais para sua saúde emocional, quando se tornam intensas demais. Por exemplo, quando você se recrimina por situações as quais não controla ou porque um projeto até deu certo, mas não foi exatamente como você havia planejado.

2. Se conheça

Se conhecer bem como profissional, faz com que você aprenda a reconhecer suas limitações, mas também seu próprio valor. Em outras palavras, aumentar o autoconhecimento, melhora a autoconfiança.

3. Não fique remoendo erros ou desentendimentos 

É muito comum que pessoas ansiosas, ao cometerem algum erro ou tiveram algum desentendimento (na vida pessoal ou profissional), mesmo que seja algo sem grande importância, passem semanas revivendo a situação. Quando errar, tente resolver o problema, se não for possível, apenas siga em frente. Ficar pensando nos erros não trará nenhuma solução, só a ansiedade.

4. Espere para se preocupar

Outro hábito comum aos ansiosos é antecipar situações difíceis, que muitas vezes nem chegam acontecer. Se previna no que for possível, mas tente não criar cenários negativos na sua cabeça.

5. Pratique atividades físicas

Praticar atividades físicas ajuda a lidar com estados de ansiedade porque eleva a produção de serotonina, substância que ajuda a regular o humor. Então, procure uma atividade que seja divertida para você, como dançar, fazer caminhadas,  etc.

6. Atenção para a alimentação

O aminoácido triptofano, a vitamina B3 e o magnésio são utilizados pelo cérebro para produzir a serotonina. Portanto, invista no consumo regular de alimentos que possuem esses nutrientes, como: banana, abacate, ovos, espinafre e couve, entre outros.

7. Tome um chá

Muito chás possuem substâncias que funcionam como sedativos suaves e podem ajudar no controle da ansiedade diária. Algumas das plantas mais conhecidas e estudadas com essa ação são a camomila, a valeriana e a erva-cidreira.

8. Seja mais organizado

Organize as suas atividades, para não acumular diversos afazeres. Quem fica com muita coisa para resolver ao mesmo tempo, alimenta a ansiedade.

9. Cuide bem da sua hora de dormir

Uma noite maldormida vai deixar você mais indisposto para realizar as tarefas do outro dia, por isso tente se ajudar para ter uma boa noite de sono. Evite discutir assuntos sérios antes de se deitar e também evite usar o celular ou assistir a televisão quando já estiver na cama.

10. Dedique tempo para se cuidar

A vida é muito corrida e com certeza você tem diversas atividades para dar conta, mesmo assim, procure sempre tirar um tempo para ficar com você mesmo: leia um livro interessante, cuide da aparência… é importante gostar e cuidar de si mesmo para conseguir desenvolver o equilíbrio que o ajudará a controlar a ansiedade.

Vale ressaltar que nenhuma das dicas acima substitui a orientação médica ou será uma cura para a ansiedade, estas são apenas formas de controlar os sintomas.

Gostou das dicas? Compartilhe!

Procurando oportunidades? Acesse o RIOVAGAS