Como elaborar um currículo quando você não possui experiência nem ensino superior

Confira dicas de como fazer um currículo sem experiência ou curso superior

O currículo é, em geral, o primeiro contato do empregador com a candidato. Por isso, é importante que ele seja bem-feito, para que você se destaque em meio a concorrência acirrada. Mas, o que incluir no currículo quando você não possui experiência profissional ou formação superior? Como convencer o recrutador que você é o candidato certo para a vaga?

Separamos algumas dicas para você deixar seu currículo atrativo mesmo sem experiência ou curso universitário. Confira:

1. Saiba o que procura:

O primeiro passo é saber qual vaga você procura. No campo “Objetivo” você deve colocar o cargo que pretende se candidatar e a área de interesse, mostrando ao recrutador que você está buscando aquilo que ele tem a oferecer.

Exemplo de Objetivo para o cargo de vendedor em uma loja de eletroeletrônicos: Busco atuar na área de Vendas e lidar diretamente com o público.

2. Mostre as suas qualificações

Depois do objetivo, é hora de mostrar para a empresa que você é capaz de ocupar aquele cargo. No caso de um profissional experiente, não é obrigatório preencher o campo “Resumo das Qualificações“, pois suas experiências devem ser suficientes para convencer o empregador. Já se você nunca trabalhou, vai precisar ser mais criativo.

Comece colocando no papel todas as atividades que costumam se rotina no cargo que você quer se candidatar. Se você não tem certeza, é importante pesquisar na internet ou perguntando a quem atua na profissão.

Feito isso, o segundo passo é fazer seu resumo de qualificações com base nessas atividades. Você pode descrever sua disposição e seu interesse para atuar com tais atividades. Veja o modelo:

Profissional em início de carreira, com interesse em atuar com [citar atividades do cargo de seu interesse]. Habilidade para [citar habilidades exigidas no cargo que você possua, claro] e conhecimentos em [você pode citar conhecimentos ligados às atividades, como informática].

Exemplo: 

Profissional em início de carreira, com interesse em atuar com vendas. Possuo habilidade para lidar com pessoas e conhecimentos em informática, além de me manter atualizado a respeito das novidades na área de tecnologia. 

Lembre-se de sempre utilizar palavras como “habilidades”, “aptidão”, “conhecimentos” e “interesse”. Você pode citar atividades como participação em grêmio estudantil, o tempo que você ajudou no mercadinho do seu tio, hobbies que se relacionem com a vaga, etc. O Resumo de Qualificações pode ter até 4 parágrafos com 3 a 4 linhas cada. Mas, tenha cuidado, você precisa ser objetivo.

3. Saiba organizar as informações

Veja como você deve dispor as informações do seu currículo:

  • Nome
  • Telefone
  • E-mail
  • Endereço
  • Estado civil

Aqui, não é preciso incluir números de documentos ou se possui filhos. Se a vaga para a qual você vai enviar o currículo exige disponibilidade para mudança ou para trabalhar no período noturno, você pode incluir essa informação nesse campo.

  • Objetivo
  • Resumo de qualificações
  • Formação acadêmica

Na formação, você deve colocar até onde foram os seus estudos (Ex: ensino médio completo). Inclua também cursos profissionalizantes ou livres, que tenham relevância para o cargo.

Atenção: se você busca emprego em várias áreas ou cargos diferentes, não se esqueça de editar seu currículo para adequá-lo a cada oportunidade.