6 estratégias fundamentais para procurar emprego

Aprenda a estabelecer metas para tornar muito mais produtiva a tarefa de procurar um emprego

Procurar emprego não é tarefa fácil. Quem está desempregado precisa lidar com dificuldades financeiras, afinal as contas continuam chegando, independentemente da quantia que você (não) tem no banco. Também precisam enfrentar a falta de uma ocupação, ou seja, a falta de sentir-se útil e independente.

Para superar essa fase, é importante estabelecer algumas estratégias, que irão tornar mais produtiva a sua busca por uma recolocação no mercado de trabalho. Saiba como:

1. Estabeleça rotinas e metas

Encare sua a tarefa de procurar um emprego como um verdadeiro trabalho. Em outras palavras, estabeleça horários, rotinas, procedimentos e metas.

2. Organize a agenda

Hoje em dia, as oportunidades estão dispersas em sites de divulgação de vagas, sites das empresas e nas redes sociais. Sendo assim, é preciso dedicar boa parte do tempo procurando, escolhendo os cargos adequados, preenchendo questionários, etc. Para você não se perder, organize uma agenda ou planilha para organizar e acompanhar todas essas tarefas.

3. Tenha diciplina

Estando desempregado, você pode usar o tempo livre atividades prazerosas, como colocar a leitura em dia, fazer exercícios físicas ou acompanhar de mais perto as atividades dos filhos, tudo isso fará muito bem a sua saúde (física e mental). No entanto, é preciso tomar cuidado para não perder o foco de seu objetivo principal, que é se recolocar no mercado. Então, tenha disciplina e organize seu tempo para que você possa dedicar tempo a essas tarefas, mas também cumpra as rotinas estabelecidas no item 1.

4. Peça ajuda

Não tenha vergonha de ativar seus contatos, seja eles parentes ou amigos. Informe sobre o que você faz, no que você é bom e o que exatamente você procura. Quanto mais claro e objetivo você for, mais facilmente alguém poderá ajudar.

5. Lembre-se de que nem tudo depende de você

Para não sofrer com a ansiedade, lembra-se que conseguir um emprego não depende só de você, outros fatores, como o mercado, perfil da empresa e a concorrência também influenciam. Desemprego não é sinônimo de incompetência. Mas, é preciso ser persistente e disciplinado.

6. Elabore um novo plano

Tenha em mente que os resultados podem demorar a aparecer. Se for o seu caso, não precisa se lamentar. Será mais produtivo se você rever suas estratégias e elaborar um novo plano. Talvez você precise ampliar seu campo de buscas ou mesmo elaborar melhor seu currículo e carta de apresentação; avalie e recomece suas buscas.

Outras dicas úteis

Aqui no blog já demos outras dicas para aumentar suas chances de encontrar um emprego. Você já leu?

Como ter sucesso na busca por um emprego em 6 passos

Como fazer um currículo eficiente e com mais chances de ser notado

Como elaborar uma carta de apresentação eficiente

7 Erros nas redes sociais que prejudicam sua carreira

4 Dicas para você se qualificar e retornar ao mercado de trabalho

8 Perguntas comuns em entrevistas e quais respostas empregadores esperam ouvir

8 Dicas para você se sair bem em uma dinâmica de grupo

Gostou das dicas? Compartilhe!

Procurando oportunidades? Acesse o RIOVAGAS

Responder