6 verdades sobre procurar emprego que precisam ser ditas

Confira 6 coisas que você precisa saber ao procurar emprego

Image by © Big Cheese Photo/Corbis

Procurar uma nova colocação no mercado ou mesmo o primeiro emprego não é uma tarefa fácil. Por isso, além de ter um bom currículo e saber agir em uma entrevista, é importante ter uma visão realista sobre a busca por espaço no mercado de trabalho. Confira algumas verdades que você precisa saber:

1. Enumerar seus problemas não fará você ganhar a vaga

O que o empregador quer saber é sobre suas qualificações para preencher a vaga: sua formação, experiências, perfil comportamental, diferenciais, etc. O fato de você estar desempregado, passando por dificuldades financeiras ou qualquer outra informação que não diga respeito à sua vida profissional não será levada em consideração.

Isso pode lhe parecer um tanto frio, mas é preciso entender que o empregador entrevistará vários candidatos e, se o foco fosse os problemas de cada um, o processo seletivo passaria a ser sobre escolher o candidato mais desesperado e não o mais competente para o cargo. Então, preocupe-se em mostrar suas habilidades ao recrutador, não em comovê-lo.

2. Chegar atrasado na entrevista e explicar os contratempos que motivaram o atraso não irá convencer

Isso porque o ideal é que você saia de casa mais cedo, contando com imprevistos, como trânsito ruim. Não fazer isso, muito provavelmente fará com que o entrevistador o veja como alguém desorganizado.

3. Nem sempre recrutadores darão feedback sobre processos seletivos

Vamos entrar em contato com os selecionados e também com os demais para dar um feedback“; você com certeza já ouviu ou irá ouvir essa frase ao término de algum processo seletivo. Saiba que, muito provavelmente, isso não se tornará realidade.

Por vezes, pode ser realmente a intensão do entrevistador entrar em contato com os não-selecionados, mas a necessidade de cumprir prazos apertados acaba impedindo-o. É importante lembrar que muitas empresas trabalham com um número muito alto de candidatos para selecionar e contatar um a um tomaria muito tempo.

A dica é, ao passar por um processo seletivo, fique atento ao telefone e e-mails, mas continue buscando outras oportunidades e não perca tempo criando expectativas ou esperando um feedback sobre seu desempenho.

4. Currículo “faz-tudo” não é bem visto

O currículo que aponta para várias direções diferentes não costuma ser bem visto por recrutadores. Se o seu currículo apresenta cargos ou cursos que nada tem a ver entre si, é provável que você seja visto como uma pessoa sem foco, que não é especialista em nenhum campo. Portanto, sempre organize seu currículo destacando apenas o que tem relação com o cargo pretendido.

5. Talvez o seu currículo nem seja lido

Como foi dito antes, em alguns processos seletivos, os recrutadores recebem muitos currículos. Assim, o empregador pode nem chegar a ler currículos que apresentem problemas perceptíveis logo em uma primeira olhada. Para passar nessa primeira peneira, tenha um currículo bem elaborado, assim, você não será eliminado por coisas bobas, como formatação desorganizada ou falta de informações.

6. Pode ser que demore

Pode ser que você seja logo chamado para um entrevista e contratado, mas pode ser que você tenha que passar por vários processos seletivos antes de conseguir uma posição. Tenha sempre em mente que a concorrência é grande. Invista tempo em um currículo bem feito, escolha as vagas para as quais você realmente possui os pré-requisitos e procure sempre se aprimorar. Não desanime, a qualquer momento pode surgir a oportunidade certa para você!

Gostou das dicas? Compartilhe!

Procurando oportunidades? Acesse o RIOVAGAS

Responder