10 estratégias para manter o foco no trabalho

Como aumentar a produtividade e melhorar a concentração no ambiente de trabalho

O foco é uma das habilidades mais almejadas e valorizadas pelo mercado. Pessoas que conseguem manter a concentração em seu dia a dia de trabalho, conseguem obter muito mais resultados e consequentemente superam seus objetivos pessoais e profissionais.

Cada vez mais, as empresas buscam por pessoas com essa qualidade, de modo a garantir que um trabalho de excelência seja entregue e que gere resultados de sucesso ao negócio. Mas em um mundo onde a informação se propaga tão depressa, os prazos estão cada vez mais curtos e as distrações acontecem constantemente, como estimular e aumentar a concentração e o foco no ambiente de trabalho?

O Instituto Brasileiro de Coaching – IBC separou 10 dicas que te ajudarão nesse processo. Veja a seguir:

1) Tenha organização

O primeiro passo para estimular a concentração é manter o local de trabalho organizado. Papéis, telefone, gavetas desorganizadas fazem com que o profissional diminua seu ritmo de trabalho e perca a concentração. Deixe tudo em ordem de modo que nada atrapalhe em suas funções, especialmente se você lida com papéis ou tem costume de anotar bilhetes que o farão lembrar de compromissos no dia a dia.

2) Observe a si mesmo

Observe seu modo de trabalhar, identificando suas habilidades, seus pontos de melhoria e seus pensamentos, especialmente tentando detectar aquilo que o distrai durante o dia. O autoconhecimento direciona o indivíduo para que ele se torne capaz de desenvolver ações para eliminar as distrações identificadas, além de ser um ótimo exercício que promove o crescimento como um todo.

3) Assuma o controle

Os pensamentos e devaneios são distrações perigosas para o rendimento no trabalho. O profissional deve controlar sua mente e as ideias inesperadas, evitando que elas prejudiquem sua produtividade. Mantenha o foco no que você precisa fazer, quais os seus prazos e deixe aquelas ideias supérfluas ou que não correspondem à rotina para um outro momento.

4) Elabore listas

Listas são úteis para que o colaborador visualize suas tarefas durante o dia de trabalho e se mantenha organizado. Procure sempre se organizar diariamente, seja em uma tabela no papel, um rascunho ou até mesmo via caminhos mais modernos como um aplicativo de celular ou um site que faça essa organização para ajudar você.

5) Defina prioridades

Com as listas elaboradas, é possível definir quais são as suas prioridades. Elenque as que realmente são importantes, urgentes e deixe aquelas que podem ser trabalhadas com calma para depois. Esse tipo de exercício é ótimo para que saibamos o que é prioritário e o que nos distrai ou atrapalha.

6) Divida tarefas

Uma atividade muito grande pode acabar distraindo e minimizando a produtividade do profissional. Dividir esta tarefa em pequenas partes estimula a concentração e aumenta as chances de que ela seja finalizada com qualidade e dentro do prazo estipulado. Quando vemos um trabalho “fatiado”, temos a impressão que nossa missão não é tão árdua como parece e conseguimos comemorar pequenas conquistas para que, no fim, tudo esteja terminado.

7) Tenha metas

Estipule metas, datas e horários de entrega. Desse modo, você é estimulado a realizar e entregar seu trabalho dentro do prazo. Comprometa-se consigo mesmo para fazer com que aquela tarefa seja cumprida com louvor no tempo estabelecido.

8) Faça pausas

O ser humano não consegue se concentrar horas a fio em determinada atividade e, portanto, é essencial que o profissional faça pequenas pausas para descansar o corpo e a mente ao longo do dia. Uma boa dica é usar a técnica Pomodoro, que estabelece um descanso de cinco minutos a cada 25 minutos trabalhados. Deixe um cronômetro ligado e, assim que iniciar sua contagem, trabalhe com o maior foco possível.

9) Desligue ou tire o celular do se alcance

Uma das principais distrações no ambiente de trabalho pode ser o seu celular: o vilão que tira a concentração da sociedade mundial. Tome cuidado para não se deixar distrair com mensagens, aplicativos, redes. Cuidado para não perder seu tempo. Melhor deixar no silencioso, desligar ou guardá-lo dentro da gaveta, longe dos seus olhos, para não correr o risco de dar uma olhadinha e passar o tempo.

10) Mantenha a ansiedade no controle

Querer fazer tudo ao mesmo tempo é sinal de ansiedade. Ansiedade é incompatível com concentração.  Pessoas ansiosas se atropelam durante o dia em querer executar todas as tarefas de uma só vez e no final acabam não concluindo nada.

Por fim, lembre-se que a habilidade de se concentrar é uma característica que pode ser desenvolvida e precisa ser estimulada diariamente.