Como reduzir o estresse no trabalho?

estresse no trabalho

Trabalhar estressado e com altas cargas de tensão e cobranças afeta diretamente a saúde e o bem-estar dos profissionais. O estresse no trabalho, a pressão e as metas recorrentes fazem parte da rotina de muitos colaboradores. 

Este cenário é até compreensível, visto que muitas empresas enfrentam uma série de desafios diários para conseguirem clientes, para realizar vendas e manter o faturamento que garanta sua continuidade no mercado.

O fato é que o estresse, quando momentâneo, pode ser tolerado. O problema existe quando os funcionários trabalham estressados de forma permanente, com preocupações que os acompanham 24 horas por dia, 7 dias por semana. Nestas situações, é fundamental adotar algumas práticas para reduzir o estresse no trabalho. Confira o artigo!

 

Riscos do estresse ocupacional

Segundo a Organização Mundial da Saúde, o estresse ocupacional, típico do ambiente de trabalho, pode até se tornar uma doença. Uma pesquisa da Isma-BR (representante da International Stress Management Association) mostra que mais de 70% dos profissionais do Brasil enfrentam sobrecarga emocional no ambiente produtivo. Entre os principais sintomas do estresse no trabalho estão os seguintes:

 

  • Confusão mental
  • Sensação de esgotamento
  • Infelicidade
  • Improdutividade
  • Irritabilidade
  • Crises de choro
  • Entre outros

 

A questão é que, para as empresas, o estresse ocupacional afeta negativamente a produtividade e pode causar até mesmo o afastamento do profissional. Para evitar este quadro trágico, é ideal adotar algumas medidas capazes de reduzir o estresse no trabalho. Veja algumas sugestões!

 

Medidas importantes para reduzir o estresse no trabalho

O primeiro passo é fazer um levantamento de quais são os fatores causadores de estresse, para eliminá-los, sempre que possível. Este trabalho pode ser feito em conjunto com o setor de RH da empresa.

Geralmente, os maiores vilões são:

 

  • As metas inalcançáveis
  • A falta de liderança inteligente
  • O acúmulo de funções por parte dos funcionários
  • As alterações repentinas dos prazos
  • Os problemas de comunicação entre os departamentos das empresas
  • O excesso de trabalho e a falta de horário definido para as equipes

 

Depois que os motivos causadores de estresse começam a ser eliminados da rotina da empresa, é o momento de adotar medidas para a implantação de ações positivas, direcionadas a relaxar e aproximar as equipes, a fim de gerar mais felicidade e satisfação ocupacional.

Seguem algumas dicas de como reduzir o estresse no trabalho com ações simples, mas que trazem um ótimo resultado na rotina laboral:

 

  • Ofereça um intervalo: proponha um ou dois intervalos de 10 minutos ou 15 minutos para sua equipe, para que os funcionários possam respirar e relaxar um pouco
  • Comportamentos saudáveis: evite excesso de café, comidas gordurosas, doces, cigarro e até mesmo conversas improdutivas, sobre possíveis demissões e cortes, que estressam e prejudicam o clima no trabalho
  • Relaxamento: se possível, separe um dia da semana para que a equipe tenha um momento de relaxamento, com aula de respiração, meditação, alongamento e outras terapias em grupo, feitas em poucos minutos

 

Com essas ações para reduzir o estresse no trabalho, a qualidade de vida de todos os funcionários vai aumentar bastante e a empresa vai se tornar muito mais produtiva.

 

Fonte: Global

 

Gostou desse artigo? Então você pode gostar desse também 12 dicas para vencer o sono durante o trabalho