10 dicas para aumentar autoestima no trabalho e crescer na carreira

aumentar autoestima no trabalho

10 dicas para aumentar autoestima no trabalho e crescer na carreira

Quem não acredita em sua própria capacidade pode fazer com que os outros acreditem nele como líder? É claro que isso é praticamente impossível! Veja 10 dicas para sua autoestima aumentar e você crescer na carreira!

Mesmo quem não é líder, sem autoconfiança e sem autoestima, dificilmente ganhará o respeito profissional de colegas e, principalmente, de seus superiores. Como enfrentar o desafio de aumentar sua autoestima?

Neste post, selecionamos 10 dicas para aumentar a autoestima no trabalho. São ações e atitudes práticas do dia a dia para que você adote se quiser acreditar mais em si mesmo e se tornar um profissional mais confiante e bem-sucedido.

 

Aumentar autoestima: 10 dicas que ajudam a crescer na carreira

Aumentar a autoestima no trabalho depende de tomar certas atitudes. Muitas vezes, a sua falta de autoestima e de confiança é fruto de uma postura mental negativa. Com isso, é praticamente impossível se desenvolver profissional e pessoalmente.

Veja a seguir 10 dicas de como você aumentar sua autoestima e crescer profissionalmente:

 

1. Não tente ser perfeito

O ótimo é inimigo do bom. Exigir demais de si mesmo pode trazer muitas frustrações. Tenha consciência daquilo que sabe fazer bem e traz resultados e não queira chegar a níveis de excelência que não vão trazer ganhos reais para ninguém.

Não estamos falando de fazer as coisas mal-feitas, mas de saber até que ponto você deve ir para garantir a satisfação dos clientes internos e externos. Podemos melhorar ainda mais? Certo, mas será que é o momento ou mesmo necessário?

 

2. Tome mais decisões

Isso mesmo! Não tenha receio de assumir suas responsabilidades. Arrisque mais. Saber gerenciar o risco é fundamental para aumentar a autoestima no trabalho.

Desde que você entenda que falhar não é o fim do mundo, mas um aprendizado. Confira a próxima dica de autoestima no trabalho para entender isso melhor.

 

3. Aprenda a conviver com o erro

Portanto, não deixe que um erro afete sua autoestima no trabalho. Sem ele, é impossível evoluir e ter novas ideias.

 

4. Acredite em seus instintos

Essa é uma daquelas dicas de autoestima no trabalho que podem parecer estranhas.

Mas a verdade é que analisar demais, verificar cada detalhe antes de tomar uma decisão, pode tornar seu negócio engessado e burocrático.

É claro que dados e informações são fundamentais, mas, em certos momentos, é preciso acreditar em si mesmo e em seus instintos.

 

5. Depois que tomar uma decisão, acredite nela!

Tomou a decisão? Não volte atrás simplesmente por insegurança. Persevere!

É claro que se você coletar dados e perceber que os resultados não são os esperados, então, algo precisa ser feito.

Mas evite duvidar de sua capacidade antes de enxergar sinais concretos de que realmente é preciso mudar de rumo.

 

6.Diga o que você pensa

Não se autocensure! Você tem uma opinião diferente? Não concorda com algo? Manifeste-se sobre isso! Evidentemente, para isso, é preciso ter argumentos, dados e fatos que sustentem seu posicionamento.

Portanto, não deixe de apresentar aos demais seu descontentamento com uma situação ou discordância sobre algo que vai ser feito, sempre que tiver como mostrar, de forma convincente, o porquê dessa atitude.

Se você se acostumar a “engolir sapos” e a se submeter a situações em que não se sente à vontade, a tendência é que a frustração aumente de forma constante. Desse modo, será dificílimo aumentar sua autoestima no trabalho. Pelo contrário: você ficará cada vez mais desmotivado.

 

7. Tenha uma postura confiante

É normal ter dúvidas depois de tomar uma decisão. Mas se você deixar que seus colegas ou comandados perceberem isso, será muito difícil conseguir seu apoio e, mais difícil ainda, liderá-los.

Por isso, mostre-se sempre confiante. Não há como crescer na carreira com uma atitude negativa. E isso inclui sua postura! Ombros caídos, coluna recurvada, apoiar o rosto nas mãos quando está sentado em seu posto de trabalho são sinais de desânimo e falta de confiança.

 

8. Chega de agradar os outros

Suas decisões e atitudes no trabalho devem perseguir o sucesso do negócio, não necessariamente agradar seus colegas e superiores.

É claro que manter uma atitude hostil e criar inimizades vai prejudicar você, mas não deixe de fazer o que acha certo com medo de magoar as pessoas. Os resultados falam mais alto. Portanto, faça o melhor pela empresa, com tato e empatia, mas sem deixar de fazer valer suas convicções.

 

9. Aprenda a dizer não

Colaborar com os colegas e saber trabalhar em equipe é importante. Mas você não pode carregar a empresa nas costas. Não diga sim para tudo que lhe pedem. 

Caso você note que isso pode prejudicar o que já está fazendo, negocie, se for um gestor que pede. No caso de um colega, mostre claramente que você está sobrecarregado e que, daquela vez, não poderá ajudá-lo.

 

10. Seja feliz com o que faz

Por fim, a melhor das dicas de autoestima no trabalho: faça o que gosta e goste do que faz. Sem isso, realmente será difícil ter uma atitude positiva e confiante na sua própria capacidade.

Se você não gosta de seu trabalho, tente mudar de área e até de carreira. Persiga seus sonhos com os pés no chão. Planeje, se esforce e passe a trabalhar com aquilo que realmente tem a ver com seus valores.

 

Fonte: Agendor Blog (por Douglas Silva)

 

Gostou desse artigo? Então você pode gostar desse também 8 dicas para se manter motivado no seu trabalho